CGE divulga selecionados do projeto Embaixadores da Cidadania

Projeto desenvolvido pelo Governo de Goiás contou com quase 900 inscritos, dos quais 56 de outros países de língua portuguesa. Ao discutir temática da cidadania, intenção é fomentar cultura política transformadora e participativa

A segunda edição do Embaixadores da Cidadania, projeto de participação cidadã desenvolvido pelo Governo de Goiás, teve 887 inscritos para 600 vagas. A lista dos selecionados foi divulgada nesta quarta-feira (19/05) pela Controladoria-Geral do Estado (CGE), que coordena o projeto, em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG).

A lista está disponível no hotsite www.embaixadoresdacidadania.go.gov.br , na aba Documentos, e todos os selecionados também receberão e-mail informando sua participação e as instruções para começar o curso.

O Embaixadores da Cidadania é um projeto de certificação que tem como alvo formar cidadãos com conhecimento em legislação e temas relativos à cidadania. É gratuito e realizado de forma virtual. Podem participar, cidadãos com mais de 16 anos que queiram aprender e exercitar a cidadania na execução de projetos de intervenção social.

Além de 500 vagas destinadas aos goianos, outras 100 vagas foram abertas para moradores de outros estados do Brasil e, como novidade, participantes de outros países de língua portuguesa, conforme solicitação do controlador-geral do Estado, Henrique Ziller.

Entre os inscritos estrangeiros, 50 são de Cabo Verde; quatro do Timor Leste, um de Guiné Bissau e um de Angola. Além de inscritos de 117 municípios de Goiás, o programa contou, também, com inscrições de 22 estados brasileiros e do Distrito Federal.

A aula inaugural do Embaixadores da Cidadania Edição 2021 está programada para ocorrer em 24 de maio, mas, desde o dia 19, os participantes, divididos em 12 turmas de 50 pessoas, contam com a ajuda de tutores. São alunos da UFG, que ajudarão no direcionamento, nas discussões e nas dúvidas que surgirem ao longo dos cursos.

Por meio também de parceria, duas turmas serão exclusivas. Uma com alunos da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e outra com a Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF).

Ao levantar a temática da cidadania, a intenção do Governo de Goiás é fomentar uma cultura política transformadora e participativa, em especial na sociedade goiana. Os participantes serão capacitados em diversos temas referentes ao exercício da cidadania e da participação social, tais como educação cidadã, ouvidoria, Lei de Acesso à Informação, portais de transparência e outros.

Serão duas fases de estudos e trabalhos. A primeira contará com três cursos teóricos sobre temas ligados à cidadania, feitos pela modalidade de Educação a Distância (EaD). A segunda fase consiste em apresentar um desafio de impacto social, no qual os alunos farão um projeto que produza algum efeito social em suas comunidades, sempre num ambiente voltado à cidadania.

Além do conteúdo ministrado nos cursos, o projeto contará também com uma série de podcasts e transmissões ao vivo nas redes sociais com convidados de renome na área de cidadania, controle social e participação cidadã. Ao final do Embaixadores da Cidadania, em dezembro, os formandos que cumprirem todas as fases receberão certificado de cem horas emitido pela UFG e serão premiados os melhores projetos apresentados.

Controladoria-Geral do Estado (CGE) – Governo de Goiás